• Procuradorias
  • PRT Curitiba
  • Decisão da Justiça do Trabalho impede desconto salarial em razão de ausência provocada por greve no transporte coletivo

Decisão da Justiça do Trabalho impede desconto salarial em razão de ausência provocada por greve no transporte coletivo

A Justiça do Trabalho no Paraná decidiu liminarmente, no dia 20 de novembro, que a empresa Brasilsat Harad S/A não poderá aplicar descontos salarias aos seus empregados em caso de falta decorrente de greve no transporte coletivo. A decisão foi concedida em Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho após a empresa descontar os salários de 13 trabalhadores em dias de paralisação no transporte coletivo de Curitiba. Em caso de descumprimento da determinação judicial, a empresa deverá pagar uma multa diária de R$ 100,00 por trabalhador prejudicado.

 A Ação do MPT-PR foi ajuizada após investigação que apurou denúncia a respeito dos descontos aplicados pela empresa a trabalhadores que faltaram ao serviço em decorrência de greve no transporte coletivo. Durante a instrução do procedimento investigatório, o MPT-PR apurou o desconto do salário em prejuízo de trabalhadores que dependem do transporte coletivo para chegarem ao local de trabalho. Para o MPT-PR, após a apuração dos fatos, ficou clara a irregularidade nos descontos salarias praticados pela empresa, já que as faltas foram motivadas por motivos externos à vontade dos trabalhadores e o empregador não providenciou uma alternativa de transporte para o deslocamento dos empregados.

Na ACP, o MPT-PR pediu à Justiça do Trabalho que determinasse o fim dos descontos por faltas decorrentes de greves no sistema de transporte com estipulação de multa em caso de descumprimento, o que foi atendido pela decisão liminar do último dia 20. A Justiça do Trabalho ainda julgará em caráter definitivo esse e outro pedido do Ministério Público na ação, para que a empresa seja condenada a pagar uma indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 500.000,00.

 

Assessoria de Comunicação – MPT/PR
Atendimento à imprensa
(41) 3304-9103 / 3304-9107 / 8848-7163
prt09.ascom@mpt.gov.br

Tags: mpt pr, justiça do trabalho, greve de ônibus, salário