Inscrições para Prêmio MPT de Jornalismo vão até 31 de julho

Premiação total é de R$ 360 mil. Categoria especial receberá R$ 45 mil

Brasília – Jornalistas de todo o país podem inscrever reportagens no Prêmio MPT de Jornalismo até o dia 31 de julho. As melhores produções jornalísticas relacionadas ao direito do trabalho e que demonstrem violação da legislação trabalhista serão premiadas. No total, o prêmio promovido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) vai distribuir R$ 360 mil entre os profissionais da mídia. O prêmio especial “Fraudes Trabalhistas” é de R$ 45 mil.

Inscrições abertas para a terceira turma de curso sobre trabalho infantil para conselheiro tutelar na ESMPU

(Brasília, 19/07/2018) A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) abriu as inscrições para a terceira turma do curso a distância “O Conselho Tutelar no combate ao trabalho infantil”, realizado em parceria com o Ministério Público do Trabalho e a Associação Escola Cidade Aprendiz. Voltado para conselheiros tutelares em todo o território nacional, o treinamento oferece 200 vagas, que serão preenchidas por sorteio eletrônico.

Fórum de Aprendizagem discute a situação dos jovens aprendizes no Paraná

(Curitiba, 18/07/2018) Aconteceu nesta segunda-feira, 17 de julho, a reunião do Fórum de Aprendizagem no Paraná, no auditório do Ministério do Público do Trabalho no Paraná. A procuradora do trabalho Mariane Josviak abriu o encontro falando sobre o cenário da aprendizagem no Paraná e sobre a lei estadual que garante que 100 jovens sejam inseridos nos quadros do Governo do Estado como aprendizes.

Combate ao trabalho infantil é tema de bate-papo na PRT9 nesta segunda

(Curitiba, 12/07/2018) Nesta segunda-feira (16 de julho), Curitiba receberá a Caravana da Participação, que está percorrendo o Brasil em defesa da infância e adolescência. A iniciativa deve mobilizar milhares de jovens até o final do mês. A programação inclui caminhadas, debates, oficinas, palestras e audiências públicas, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e outras instituições. O projeto teve início no Ceará e já passou pelo Nordeste do Brasil, pelo Pará e pelos estados da região Sudeste.